Notícias

Encontre uma notícia

até

Protagonismo feminino no Hospital Moinhos de Vento

Todo mês de março tem sido dedicado a eventos internos e ações de comunicação sobre o tema, na instituição

A presença da mulher é marcante no Hospital Moinhos de Vento, em todos os níveis hierárquicos, desde a origem da Instituição. As primeiras lideranças do Hospital foram mulheres e está na cultura da organização valorizar o trabalho feminino. As mulheres estão em diferentes áreas e também na gestão da Instituição. Hoje, lideram os mais diversos processos e capitaneiam áreas estratégicas.

Hoje, o quadro de colaboradores é composto por cerca de 3 mil mulheres, o que representa 76% do total de colaboradores da instituição. As mulheres também ocupam a maioria dos cargos de liderança no Hospital Moinhos de Vento – 57,14%. Na Superintendência, composta por seis executivos, duas são mulheres, e uma delas foi promovida à função por aproveitamento interno. Dos 15 gerentes, oito são mulheres e todas também chegaram ao posto por recrutamento interno.

Diante desse cenário, o Hospital preparou uma campanha especial para marcar o mês da Mulher. Um dos destaques é o vídeo-manifesto Eu sou a dona da minha vida, lançado nas redes sociais, que tem por objetivo empoderar e mostrar a beleza de ser mulher, dona da sua vida e de sua história. Acesse através do link.

Estão sendo realizados vários eventos para os colaboradores, para debater a condição feminina. Para abrir a programação do mês da mulher, o Hospital convidou a escritora  Martha Medeiros para um talk show. Também foi realizada palestra sobre as Mulheres Equilibristas, destinada àquelas que buscam viver plenamente através do equilíbrio entre carreira, família e sonhos. Em continuidade ao planejamento, serão ainda realizadas oficinas de prevenção à violência e orientações sobre defesa pessoal. Para encerrar a programação, no dia 28, haverá um debate sobre as mulheres e a sociedade, com mediação do jornalista Túlio Milman e participação da professora e delegada de Polícia Civil Elisangela Reghelin, da psicóloga Michele Schneider e da defensora pública Liliane Oliveira.

 

Links relacionados

Downloads relacionados

COMPARTILHAR NOTÍCIA :
< VOLTAR PARA NOTÍCIAS
0