Notícias

Encontre uma notícia

até
- Corpo Clínico

Médicos do Moinhos de Vento participam de formação internacional em Residência Médica

Em uma iniciativa inovadora, o Hospital Moinho de Vento promoveu um programa de qualificação e educação continuada voltado aos supervisores da Residência Médica na a Johns Hopkins Medicine International. A equipe de supervisores médicos do Hospital Moinhos de Vento, único hospital brasileiro associado ao braço internacional da organização, foi a primeira a participar de um programa de “Faculty Development” que aconteceu no final de abril em Baltimore (EUA). A parceria entre as entidades firmada em 2013, promove a troca de conhecimentos em assistência, educação e pesquisa.

Nesse programa, dez médicos tiveram a oportunidade de trocar experiências e conhecer novas metodologias de ensino. “Esse investimento visa qualificar a formação dos profissionais através de teorias e práticas de ensino da Medicina, trazendo novas possibilidades para o Hospital Moinhos de Vento”, ressalta o superintendente Executivo Mohamed Parrini. A novidade também inaugurou uma série de ações que serão desenvolvidas ao longo de 2018 entre as duas instituições, como videoconferências para discussão de metodologias de ensino e de casos complexos.

“Como parte da afiliação, foi estabelecido um programa oficial no qual nossos melhores residentes são convidados a vivenciar uma experiência de 30 dias de intercâmbio oficial no Hospital Johns Hopkins. Essa oportunidade, também para os coordenadores, reforça a intenção de oferecer treinamento de alta qualidade para os médicos residentes e fellows”, destaca o coordenador da Comissão de Residência Médica, Dr. Sandro Cadaval.

O Hospital Moinhos de Vento conta com onze programas de Residência Médica: Medicina Intensiva, Cardiologia, Neurologia, Oncologia Clínica, Pediatria, Radiologia e Diagnóstico por Imagem, Clínica Médica, Clínica Médica no Hospital Restinga e Extremo-Sul, Mastologia, Pneumologia e Nefrologia. Desde o início das atividades, já foram formados mais de 60 médicos residentes. “Em 2017, uma equipe especializada da Johns Hopkins International avaliou os programas do Moinhos de Vento, e todas as sugestões estão sendo incorporadas, seguindo os padrões internacionais”, destaca o gerente de educação e pesquisa Christian Tudesco.

 

Links relacionados

Downloads relacionados

COMPARTILHAR NOTÍCIA :
< VOLTAR PARA NOTÍCIAS
0